❝Eu me fecho no meu mundo, porque às vezes canso do mundo se fechando pra mim.❝
...
- +
Pode-se prometer atos, mas não sentimentos; pois estes são involuntários. Quem promete a alguém amá-lo sempre, ou sempre odiá-lo ou ser-lhe sempre fiel, promete algo que não está em seu poder; no entanto, pode prometer aqueles atos que normalmente são consequência do amor, do ódio, da fidelidade, mas também podem nascer de outros motivos: pois caminhos e motivos diversos conduzem a um ato. A promessa de sempre amar alguém significa, portanto: enquanto eu te amar, demonstrarei com atos o meu amor; se eu não mais te amar, continuarei praticando esses mesmos atos, ainda que por outros motivos: de modo que na cabeça de nossos semelhantes permanece a ilusão de que o amor é imutável e sempre o mesmo. — Portanto, prometemos a continuidade da aparência do amor quando, sem cegar a nós mesmos, juramos a alguém amor eterno.
Friedrich Nietzsche. (via extinta)

(Source: intersideral)

Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena acreditar no sonho que se tem, ou que seus planos nunca vão dar certo, ou que você nunca vai ser alguém. Tem gente que machuca os outros, tem gente que não sabe amar, mas eu sei que um dia a gente aprende, se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo quem acredita sempre alcança.
Legião Urbana. (via inverbos)

(Source: interventores)

Eu só vim lhe desejar um dia lindo. Com flores pelos caminhos que você percorrer. Com gente feliz ao seu redor. Com chuvas de sorrisos e de olhares que vem da alma. Não importa se grandes notícias não virão hoje. Que também não venham as más. Que seu dia seja de paz. Que você esteja em paz. E que você olhe os problemas de cima, e as pessoas que você convive, com olho no olho. Que as palavras do dia sejam ‘leveza’, ‘doçura’, ‘calmaria’, ‘tranquilidade’. E que suas próximas horas sejam carregadas de pensamentos positivos e muita paz no coração. Só vim te desejar um ótimo dia. Colorido e florido. Amém.
Caio Fernando Abreu.  (via inverbos)

(Source: izaconte)

Eu queria ser seu último amor. Mas sabia que não era. Sabia e a odiava por isso. Eu a odiava por não se importar comigo. Eu a odiava por ter me deixado naquela noite. E odiava a mim mesmo por tê-la deixado ir embora, porque, se eu tivesse sido suficiente, ela não teria querido ir embora.
Quem é você, Alasca?    (via inverbos)

(Source: desabitou)

Fechei os olhos, apertando-os tanto que doía. Tentando empurrar para longe tudo o que eu via dentro da minha cabeça.
Os 13 porquês. (via inverbos)
Eu sou o teu plano B, talvez o C, o Z, quem sabe. “Tanto faz.” Sou meio que o fundo da panela, tua ultima opção. Quando ninguém mais conseguir, tu vem, me procura, me liga. “Tanto faz.” E a otária aqui te escuta, diz que vai ficar tudo bem, mas, nem vai. Não é egoísmo. Você se entala com todos, e acaba ficando engasgado, depois, lá estou eu, dando um tapinha nas suas costas. Pedindo pra voltar, para recomeçarmos, pedindo por mais umas horas, das horas que te restam. Algum tempo livre, quem sabe. E você aceita, duas horas depois, preciso de você, mas, não podemos inverter as posições não é? Meu dever é estar contigo quando todos te deixarem, e como recompensa, você me deixa. É aquele velho ditado, você pode fazer 99%, mas, se não fizer os 100, então não fez porra nenhuma. E cansa, já é ruim ter que lidar com os teus problemas, dramas, e suas toneladas emocionais, aí depois vem as minhas toneladas, minhas tristezas. E eu acabo me lotando, inchando, nunca transbordo. Fico na mesma, carregando você nas costas, e tropeçando nas migalhas que você me deixa.
Orquestrando. (via inverbos)

(Source: orquestrando)

Você apanha da saudade, leva um soco do passado, um chute das lembranças, uma rasteira da vida. E todos continuam dizendo que não passa de um drama seu.
Sean Wilhelm.   (via inverbos)

(Source: nevasca)

Prefiro não guardar o que sinto pra não me arrepender. Eu não quero me arrepender das coisas. É claro que não concordo com tudo que fiz e vivi, é lógico que tenho coisas que prefiro deixar num canto qualquer, mas eu não quero me arrepender, não quero aquela ânsia de vômito, aquele enjoo chato que acontece quando a gente come o que não faz bem. Prefiro vomitar tudo, por mais nojento que seja.
Clarissa Corrêa.  (via inverbos)
Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso.
Clarice Lispector.   (via inverbos)
Eu sinto que dessa vez vai dá certo sabe? Não pode ser só mais uma ilusão atoa, você é diferente.. Eu só quero ter você por perto, tipo pra sempre.
Ps: I love you.  (via inverbos)

(Source: para-amar-voce)